terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Precipício

As noites propiciam momentos marcantes, talvez porque tiramos as máscaras, cheias de expressões carrancudas que metemos para enfrentar mais uma semana de trabalho, talvez porque nos rodeamos de pessoas que escolhemos como companhia, talvez porque abrimos a mente e soltamos o corpo, ajudados por drogas e álcool, talvez porque vestimos as roupas que durante o dia temos vergonha de exibir. À noite, mostramos o nosso EU, baixamos as guardas e damos o passo (muitas vezes fatal).

Naquela noite e naquele instante preciso, (acredito que o destino está traçado), aconteceu comigo. Estava na linha de fogo, sob mira certeira. Senti que já tinha sido estudada e que o meu percurso já estava delineado. Aconteceu contigo também. Exactamente da mesma forma.
Poderiamos escapar? Não! As nossas linhas infinitamente paralelas deixaram de o ser ali, na beira daquele precipício.
Senti os nossos pés a resvalarem, com falta de equilíbrio. Mas quando nos olhámos olhos nos olhos deu-se o despertar, como que ouvindo um click de dedos e acordando de uma sessão de hipnose.
Era proibido, ...mas o fruto pribido é tão mais apetecido.
Sai do coma (delicioso, porém) e dei-me conta que estava prestes a dar o passo em falso, o passo que meteria tudo em causa, o passo que faria com que me apontassem o dedo e lançassem olhares de culpa que me perseguiriam toda a vida.
Terei tomado a decisão acertada? Devia ter seguido a emoção ou razão?
Hoje não importa mais. Os momentos não se repetem. A história não volta atrás, mas os precipícios, esses, estão por todo o lado.


Créditos da foto:
http://blogs.ya.com/nuukilandia/files/precipicio.jpg

2 comentários:

carolinaa . disse...

oh, ta tão bontito! Adorei as tuas palavras, adorei mesmo :)
Beijinhos, vou continuar a passar por cá.
Ah, e tás nos favoritos :)

Mário disse...

nunca nos devemos arrepender de nada que façamos...mas sim daquilo que nao fizemos!!!
por isso não deves deixar de fazer o que te der vontade...
aproveita ao maximo a juventude que essa sim, não volta mais!!!
NB: obrigado pelas tuas palavras